Psicodermatologia – O que a psicologia e a dermatologia têm em comum?

KARYNE LIRA 

 

 

 

 

“Mente sã, corpo são.”

 

Você já deve ter ouvido essa frase alguma vez. Ela traduz, em poucas palavras, uma grande verdade – mente e corpo trabalham de forma integrada, e um é afetado pelo estado do outro.

 

É por isso que para ter uma pele bonita e saudável é preciso estar, também, emocionalmente bem. Desta forma, a dermatologia e a psicologia se integram em um campo de estudo chamado Psicodermatologia.

Estudos científicos comprovam a influência que as emoções exercem sobre a pele. Assim como o estresse, a ansiedade e o humor deprimido, por exemplo, colaboram para o desenvolvimento ou agravamento de problemas dermatológicos e o envelhecimento da pele, condições psicológicas (emocionais, cognitivas e comportamentais) saudáveis auxiliam na manutenção de uma pele bonita e saudável e no combate a problemas dermatológicos.

 

Por outro lado, é comum que problemas dermatológicos afetem nossas condições psicológicas. Alguns problemas dermatológicos estão relacionados ao desenvolvimento de problemas de autoestima, elevação do nível de estresse e do humor deprimido, e outros problemas relacionados à qualidade de vida. Esses problemas de ordem psicológica gerados pelos problemas dermatológicos dificultam ainda mais o tratamento destes últimos.

 

Se você se preocupa em cuidar da sua pele, é preciso preocupar-se, também, em cuidar de suas emoções. A propósito, uma pele bonita e saudável combina muito bem com um sorriso feliz.

 

 

 

http://karynemlira.com/psicodermatologia-o-que-a-psicologia-e-a-dermatologia-tem-em-comum/

ENTRE EM CONTATO 

Norma Suely Bezerra

CRP 05/49045

 

 

 

 

Psicóloga Clínica

Neuropsicóloga

Especialização

Consultório

Terapia Cognitivo Comportamental

Avaliação Neuropsicológica.

Rua Getúlio Vargas, 121 Nova Iguaçu/RJ

Tel:  21   3894-0264

         21 98667-0264

© 2015 por Eloy Bezerra